Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mundo
Com aumento de casos, Holanda retoma medidas restritivas contra o coronavírus
Máscaras voltam a ser exigidas na maioria dos espaços públicos.
O Sul
por  O Sul
02/11/2021 21:28 – atualizado há 47 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A Holanda está retomando medidas contra o coronavírus, incluindo o uso de máscara em espaços públicos, para combater o aumento de casos da doença, informou o primeiro-ministro, Mark Rutte, nesta terça-feira (2). “As infecções e as internações hospitalares estão aumentando rapidamente”, disse o premiê em entrevista coletiva.

Foto: Ricardo Wolffenbuttel

O governo reintroduziu uma regra de distanciamento social de 1,5 metro e expandiu a exigência de apresentação de passaportes de vacina em locais como museus e varandas de restaurantes. As pessoas também estão sendo aconselhadas a trabalhar em casa pelo menos metade da semana e a evitar viagens em altas temporadas.

Rutte afirmou que as máscaras agora serão exigidas em lojas, salões de beleza e casas de massagem, e que devem continuar sendo utilizadas no transporte público, onde já eram obrigatórias, embora antes pudessem ser retiradas nas estações ou plataformas. As trabalhadoras do sexo na Holanda, onde a prostituição é legal, continuarão a ser isentas da regra.

A aplicação dessas medidas torna a Holanda um dos primeiros países da Europa Ocidental a restabelecer restrições anticovid, menos de dois meses após a flexibilização das regras.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...