Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Governo do RS lança nova base cartográfica de área que abrange 70 municípios
O levantamento traz informações geográficas sobre o território com dados relativos ao relevo, hidrografia, sistema de transportes, energia, estrutura viária e comunicações, entre outras.
Ascom SPGG
por  Ascom SPGG
20/10/2021 12:01 – atualizado há 27 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

A atualização da base cartográfica referente à Região Funcional 1 (RF1), que engloba 70 municípios gaúchos, entre os quais Porto Alegre, foi apresentada pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG). O mapeamento relativo à região da capital foi realizado na escala 1:25.000 (mais detalhada), um aprimoramento em relação ao trabalho anterior, ainda da década de 1970, disponibilizado na escala 1:50.000.


O levantamento traz informações geográficas sobre o território com dados relativos ao relevo, hidrografia, sistema de transportes, energia, estrutura viária e comunicações, entre outras. A base cartográfica digital da RF1 fornece insumos para construção, monitoramento e elaboração de políticas pelo poder público, para avaliação de investimentos pela iniciativa privada e ainda para universidades promoverem o estudo do território.

"A gestão por evidências também passa pelo georreferenciamento e a questão cartográfica é essencial para a elaboração e execução de políticas públicas. Essas bases são fundamentais para a nossa atuação como Secretaria de Planejamento", disse o titular da SPGG, secretário Claudio Gastal.

Além da apresentação da ferramenta que disponibiliza o material, o Infraestrutura Estadual de Dados Espaciais (Iede), o processo de realização do trabalho e suas possíveis utilizações também foram abordados. A atualização é fruto de parceria entre o Estado e o Exército Brasileiro assinada em 2017. Foram investidos R$ 18,47 milhões, sendo R$ 11,5 milhões por parte do Estado, com recursos do Programa de Apoio à Retomada do Desenvolvimento Econômico e Social do RS (Proredes Bird), com contrapartida de R$ 6,97 milhões do Exército. O Departamento de Planejamento Governamental (Deplan), da SPGG, foi responsável pela execução do trabalho no governo estadual.

Participaram do evento virtual, realizado na tarde da terça-feira (19/10), além do secretário Gastal, o gerente do Projeto Sistema de Geoinformação de Defesa do Ministério da Defesa, coronel Antonio Correia; o chefe da Divisão de Geoinformação no 1º Centro de Geoinformação (1°CGEO), capitão Gabriel Thomé Brochado; e o professor Clódis de Oliveira Andrades Filho, da área de Sensoriamento Remoto da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). A nova cartografia foi mostrada no encontro pelo subsecretário de Planejamento da SPGG, Antônio Cargnin, e pela servidora Maria do Socorro Barbosa, do Deplan.

Para o trabalho, foram produzidas 174 cartas topográficas da área de abrange 12% do território do Estado. Os produtos cartográficos utilizados estão classificados no Padrão de Exatidão Cartográfica – Produtos Cartográficos Digitais (PEC-PCD) Classe A, o que representa o maior nível de qualidade para esta escala. O controle de qualidade foi feito pelo 1°CGEO.

• Clique aqui e confira o evento completo

• Clique aqui e acesse o portal do Iede

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...